Vitralizado

HQ / Matérias

John Lewis, Andrew Aydin e Nate Powell e as origens da trilogia A Marcha

No dia 7 de março de 1965 um grupo de policiais atacou cerca de 600 manifestantes de movimentos pelos direitos civis nos Estados Unidos que atravessavam a Ponte Edmund Pettus, na cidade de Selma, no estado do Alabama. Os 17 manifestantes hospitalizados e os 50 feridos, segundo dados oficiais, fizeram com que a data seja lembrada até hoje como o Domingo Sangrento. Com 23 anos na época e hoje deputado há 31 pelo estado da Geórgia, o congressista democrata John Lewis era um dos líderes da marcha. Aos 78 anos, Lewis é um dos três autores da HQ A Marcha – Livro 1: John Lewis e Martin Luther King em Uma História de Luta Pela Liberdade (Nemo).

Entrevistei o deputado e seus parceiros no projeto, seu assessor pessoal e co-roteirista Andrew Aydin e o quadrinista e ilustrador Nate Powell. As conversas viraram matéria pro jornal O Globo sobre o lançamento da edição brasileira do primeiro dos três volumes da série – centrado em Lewis, desde a infância na fazenda de 45 hectares de algodão, milho e amendoim de sua família no Alabama até a posse de Barack Obama, o primeiro presidente negro dos EUA, em 2009. Você lê a íntegra da minha matéria por aqui.

1 comentário John Lewis, Andrew Aydin e Nate Powell e as origens da trilogia A Marcha

  1. Cayo Costa

    No primeiro episódio (Barack Obama) do novo programa do David Letterman na Netflix , ele mostra uma entrevista com o John Lewis na ponte. Bem interessante. E eu adoro o traço do Nate Powell, precisamos trazer outros materiais dele, Swallow me Whole é fantástico.

    Reply

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: