Vitralizado

Cinema

Sally Menke e Shosanna Dreyfus

Ainda sobre Django, fico pensando se o filme teria sido muito diferente se fosse editado pela Sally Menke – editora de todos os filmes de Tarantino morta em 2010. A verdade é que só fiquei sabendo da existência dela quando foi noticiada sua morte, mas talvez ela seja quase tão importante na construção do universo do Tarantino quanto o próprio diretor. Esbarrei com esse vídeo exaltando o trabalho dela em Bastardos Inglórios e como o Tarantino teria feito uma homenagem nas cenas da personagem da Mélanie Laurent dentro do cinema.

 

0 comentários Sally Menke e Shosanna Dreyfus

  1. carol

    Lembrei que o Scorcese também tem uma mina de fé na edição: a Thelma Schoonmaker editou todos os filmes dele desde “Touro Indomável”, 40 anos de parceria (valeu Wikipedia). Coisa linda.

    Reply

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: