Vitralizado

Posts com a tag Sex Criminals

HQ

## Retrospectiva Vitralizado 2015: Brian K. Vaughan, Saga e Image ##

A retrospectiva de 2015 do blog é a quarta que faço desde o surgimento do site. Pelo quarto ano seguido, Brian K. Vaughan, Saga e Image são nomes presentes no recordatário de final de ano (ó: 2012, 2013 e 2014). Entre erros e acertos, a Image é a grande casa de quadrinhos autorais das editoras de gibis blockbusters do mercado norte-americano. Walking Dead pode ser o título mais famoso da editora, mas Saga é a obra-prima. O gibi está num crescente imenso desde seu lançamento. Vaughan propõe ideias e conceitos pouquíssimos usuais a cada nova edição e a HQ toma rumos difíceis de serem cogitados ao final de cada arco.

Com pouco alarde, chegou no Brasil apenas o segundo volume de Saga, enquanto lá fora já está na 5ª coletânea. É pouco para um dos grandes gibis lançados no mundo hoje. Com apenas um encadernado por ano, a lentidão para a publicação da obra não contribui para a formação de público para o título no Brasil. Uma pena. Ainda assim, quem corre atrás lê sem problemas tanto Saga quanto outros trabalhos do autor lançados em 2015: We Stand On Guard, Barrier e a versão impressa de The Private Eye.

HQ

Matt Fraction comenta Sex Criminals e Gavião Arqueiro no Late Night com Seth Meyers

O Matt Fraction é um dos melhores autores de quadrinhos vivos. Ele escreveu o que pode ser considerado o arco de histórias definitivo do Gavião Arqueiro e é um dos criadores de Sex Criminals, uma das mais originais e criativas histórias em quadrinhos surgidas nas últimas décadas. O quadrinista esteve no programa do Seth Meyers e comentou um pouco desses dois trabalhos mais recentes. Atualizo o post quando a entrevista aparecer na íntegra online, mas já colocaram um trechinho no Youtube. Aê! colocaram a íntegra do bloco com o Fraction. Saca só:

HQ

Alguns quadrinhos recomendados por Brian Bendis

Depois de gravar sua entrevista no programa do Seth Meyers, o Brian Michael Bendis listou alguns quadrinhos que ele considera imperdíveis no momento. Ou melhor, como ele mesmo diz, quadrinhos que você precisa ler “pra entrar nessa de quadrinhos”. No início do vídeo o autor cita os Guardiões da Galáxia, mas depois ele explicou em seu tumblr que se referia a Legendary Star-Lord e Rocket Racoon. As outras são Sex Criminals (foda demais, também não paro de recomendar), Bitch Planet, Gavião Arqueiro, Lazarus, Demon e as novas revistas de Star Wars pela Marvel. Dá o play pra ver a explicaçãozinha dele pra cada um dos gibis mencionados:

HQ / Retrospectiva 2014

Top 10 Vitralizado 2014: Sex Criminals, Saga – Volume 3 e Image

Li quadrinho pra caramba em 2014. Já comentei por aqui sobre algumas das minhas edições brasileiras preferidas no ano, mas a maior parte do que li veio de fora e continua inédito no Brasil. Espero que trabalhos como Andre The Giant: Life and Legend e This One Summer não demorem pra sair por aqui. Os novos títulos da MillarWorld do Mark Millar também precisam ser publicados logo em português. Starlight e Jupiter’s Legacy são dois dos melhores trabalhos do escritor escocês. Já falei de Miracleman e achei sensacional a edição nacional da Panini, a revista em português ficou bonita pra caramba e não deve em nada à original.

Depois lembrarei de mais um monte de quadrinho foda que li e deveria ter comentado, mas vou logo ao ponto: pelo terceiro ano seguido a Image é destaque nas restrospectivas de final de ano aqui do blog. Em 2012 comentei do lançamento de Saga e da nova mentalidade da editora de Todd McFarlane e em 2013 falei sobre o segundo arco de histórias da série de Brian K. Vaughan. Sobre Saga, adianto que só melhora. A série finalmente começou a sair em português, ganhou um encadernado classudo com suas 18 primeiras edições e deve levar mais um monte de prêmio ano que vem. Não vai demorar pra entrar na lista de melhores obras de ficção científica e fantasia de todos os tempos considerando tudo já feito em TV, cinema, livro, rádio, hq e tudo mais. Talvez seja a obra-prima do cara que escreveu Y: O Último Homem – a obra-prima original e agora apenas a primeira das duas.

SexCriminals

E aí a Image também lança Sex Criminals. Caramba, que série é essa? Até pouco tempo o Matt Fraction era “o autor maluco pirando nas histórias do Gavião Arqueiro”. Agora ele é o roteirista da história em quadrinho sobre o casal com o dom de parar o tempo sempre que chega a um orgasmo. Se ele conseguiu fazer tudo que fez na Marvel, imagina numa editora de princípios quase independentes como a Image? Os desenhos de Chip Zdarsky, as cores e a seção de cartas tornam tudo ainda mais incrível – e falando em seção de cartas, taí um quesito que Fraction e Zdarsky conseguiram bater Saga.

Foram dois dos meus títulos preferidos e ambos ainda estão apenas no começo. Nem o Episódio 7 de Guerra nas Estrelas eu aguardo tanto em 2015 quanto as próximas edições dessas duas hqs.

HQ

Just the Tips: o spin-off de Sex Criminals

Já adiantei por aqui que considero o primeiro volume de Sex Criminals um dos grandes lançamentos de 2014. Sobre um casal que consegue congelar o tempo no instante que chega ao orgasmo e decide aproveitar esse dom para roubar bancos, o quadrinho tem como destaque nas suas edições mensais uma das seções de cartas mais divertidas que já vi. Nas últimas páginas de cada revista o roteirista Matt Fraction e o desenhista Chip Zdarsky dão dicas sobre relacionamentos e falam sobre suas experiências sexuais. A qualidade do material é tão alta que a Image vai lançar uma espécie de spin-off do quadrinho, o livro Just the Tips, com a seleção de algumas das melhores cartas, depoimentos inéditos e textos exclusivos dos quadrinistas para a edição. A obra será lançada no meio de dezembro, já está em pré-venda e custa pouco meno de US$10. Não sei se chega aqui no Brasil, já que nem o quadrinho deu as caras ainda. Poderiam fazer o mesmo com a seção de cartas de Saga, também incrível e presente apenas nas edições mensais do título. A Enterteinment Weekly fez um vídeo com Fraction e Zdarsky adiantando um pouco do que esperar de Just the Tips, olha lá.

HQ

Os 20 melhores quadrinhos de 2014, segundo a Amazon

Viu a lista da Amazon pros melhores quadrinhos de 2014? O primeiro colocado foi o mesmo do ranking da Publishers Weekly, Can’t We Talk About Something More Pleasant?, de Roz Chast. Aliás, os cinco trabalhos listados pela revista foram selecionados também pela Amazon. A principal diferença é a inclusão de alguns títulos de super-heróis, mas também vi algumas pérolas que estarão no meu ranking pessoal de melhores do ano, como Andre The Giant e This One Summer. Pra mim, a grande ausência em todas essas seleções até o momento é o primeiro volume de Sex Criminals, do Matt Fraction com o Chip Zdarsky. E ó, pequeno spoiler sobre o conteúdo do blog: em breve um dos autores presentes nessa lista da Amazon vai dar as caras em uma entrevista aqui no blog, exatamente sobre o título selecionado. Apostas? Ó a lista:

-The Terrible and Wonderful Reasons Why I Run Long Distances, de The Oatmeal e Matthew Inman;
-Can’t We Talk about Something More Pleaseant?, de Roz Chast;
-Saga Deluxe Edition Vol. 1, de Brian K. Vaughan e Fiona Staples;
-Seconds: A Graphic Novel, de Bryan Lee O’Malley;
-The Graveyard Book Graphic Novel Vol. 2 Hardcover, de Neil Gaiman e P. Craig Russell;
-Batman: A Visual History, de Matthew K. Manning;
-Through the Woods, de Emily Carroll;
-Sugar Skull, de Charles Burns;
-Deadpool Omnibus de Joe Kelly, James Felder, Stan Lee, Ed McGuinness, Aaron Lopresti, Bernard Chang, Shannon Denton, Pete Woods e Rob Liefeld;
-Beautiful Darkness, de Fabian Vehlmann e Kerascoet;
-The Harlem Hellfighters, de Max Brooks e Canaan White;
-Trillium, de Jeff Lemire;
-This One Summer, de Mariko Tamaki e Jillian Tamaki;
-Locke & Key: Alpha & Omega, de Joe Hill e Gabriel Rodriguez;
-The Shadow Hero, de Gene Luen Yang e Sonny Liew;
-How to Be Happy, de Eleanor Davis;
-Andre the Giant: Life and Legend, de Box Brown;
-The Wrenchies, de Farel Dalrymple;
-The Love Bunglers, de Jaime Hernandez;
-Ant Colony, de Michael DeForge.