Vitralizado

Posts com a tag Robert Crumb

HQ

Os pais de Robert Crumb querem entender os motivos do sucesso do filho

Vi lá no Comics Journal. Papai e mamãe Crumb, Charles V. Crumb e Beatrice Crumb, em artigo publicado na revista Philadelphia Inquirer de 3 de janeiro de 1971. Os dois obviamente impressionados e tentando compreender o motivo do sucesso do então jovem Robert Crumb. Diz o texto: “Mrs. Crumb doesn’t understand just what the appeal of Robert’s cartoons is, but she thinks it has something to do with the generation gap”. Talvez, Mrs. Crumb, talvez. Segue uma versão ampliada do texto:

paiscrumb2

HQ

Donald Trump, por Robert Crumb

Tá sabendo dessa obra feita pelo Robert Crumb e protagonizada pelo Donald Trump? Na verdade, é um trecho da HQ Point The Finger, publicada no número três da revista Hup, em novembro de 1989. Quase 30 anos depois, continua atual pra caramba, né? Como li no tumblr em que encontrei o quadrinho, a real é que pouca coisa mudou de 1989 pra cá – ou nos últimos 2000 anos, sei lá.

TC2

TC3

Entrevistas / HQ

Papo com Rogério de Campos: “O que está aquém no momento é a reflexão sobre quadrinhos no Brasil”

O momento extraordinário das histórias em quadrinhos brasileiras está fundamentado principalmente na qualidade das HQs lançadas por aqui ao longo dos últimos meses. O ano passado ficou marcado por uma quantidade inédita de publicações, pelo aumento no número de festivais e eventos relacionados a quadrinhos e na investida em diferentes formatos e estilos por parte de artistas e editores. Em meio a toda essa agitação, o editor Rogério de Campos publicou Imageria. Coletânea com vários trabalhos e artistas precursores da linguagem das histórias em quadrinhos, o livro apresenta pela primeira vez em formato impresso no Brasil obras de autores como Rodolph Töpffer, William Hogarth e Richard F. Outcault.

Ao longo das 360 páginas do livro, o editor reúne e investiga elementos em comum em títulos essenciais para a compreensão da origem e da composição das HQs como linguagem. “Depois que pesquisei tudo fiquei mais confuso do que no início. Não espere achar respostas sobre o que são quadrinhos. Você vai achar desenhos, histórias, histórias em quadrinhos, mas não explicação”, esclareceu o editor em uma conversa de quase duras horas realizada no final de janeiro na sede da editora Veneta.

Ao longo de seus mais de 30 anos trabalhando com histórias em quadrinhos, Rogério de Campos foi responsável pela introdução de alguns dos títulos e das empreitadas mais célebres do mercado brasileiro de HQs. Criador das lendárias revistas Animal e General, um dos responsáveis pela chegada dos mangás no Brasil no final dos anos 90 e atualmente editor de quadrinhos aclamados, como os títulos de Marcello Quintanilha e Marcelo D’Salette, Rogério de Campos tem muito a dizer não apenas sobre a produção de Imageria, mas também sobre a atual efervescência do mercado brasileiro de HQs.

“Me interessa o quadrinho vivo. Me interessa a invenção. Me interessou fazer o Imageria. Me interessa fazer uma coisa quando olho e digo: ‘nunca vi isso antes’. Gosto de publicar coisas que nunca vi antes. Até o julgamento estético é posterior.”

Imageria7

Continue reading