Vitralizado

Posts com a tag Oscar

Cinema

A fórmula da BBC para o Oscar 2015

A BBC quebrou tudo e fez o infográfico definitivo com as produções concorrentes ao Oscar de Melhor Filme em 2015. De acordo com a fórmula deles, que leva em conta os padrões dos longas vencedores nos últimos 50 anos, dá Hotel Budapeste, mas até os autores da brincadeira devem achar limitadas as chances disso acontecer. Meu preferido é Boyhood, mas aposto em Birdman. Descobri a obra da BBC pelo Daniel (valeu!). Ó que foda:

OscarBBC1

OscarBBC2

OscarBBC3-639x1024

OscarBBC4-617x1024

OscarBBC5

Cinema / Matérias

Um guia para o Oscar 2015

Ninguém deve considerar um filme melhor ou pior por ter um Oscar ou não. Também não dou lá todo esse crédito pra premiação da Academia, assisto e acompanho o clima da festa por achar divertido. Lá no meio do ano passado, quando vi Boyhood pela primeira vez, já decretei que seria o melhor do ano e nada mudou pra mim. Birdman e Grand Hotel Budapeste são incríveis, mas Richard Linklater filmou sua obra-prima. Enfim, trabalhei na matéria de capa da edição de fevereiro da Monet, exatamente sobre o Oscar 2015, que rola sábado (22/02) a noite. Montei um infográfico comparando os vencedores do Oscar nos últimos dez anos com os filmes que conquistaram os principais troféus dos prêmios que antecedem a entrega da Academia. Se o vencedor de 2015 bater com as porcentagens dos últimos 10 anos, Birdman fica com a estatueta de melhor filme. O que já saiu até agora dos prêmios pré-Oscar:

Globo de Ouro: Boyhood (Drama) / O Grande Hotel Budapeste (Comédia ou Musical)
Sindicato dos Produtores: Birdman
Sindicato dos Diretores: Birdman
Sindicato dos Atores: Birdman
Independent Spirit Award: será anunciado dia 21 de fevereiro de 2015.

Cinema

A Hora Mais Escura

Escrevi pro Divirta-se sobre A Hora Mais Escura.

Os acontecimentos narrados nos instantes finais de A Hora Mais Escura são de conhecimento público. A operação que culminou no assassinato do terrorista Osama Bin Laden no dia 2 de maio de 2011, em território paquistanês, pautou os principais veículos de comunicação de todo o mundo. Já as estratégias da missão que encerrou quase dez anos de busca pelo homem mais procurado pelos Estados Unidos ainda são mantidas em sigilo: informações oficiais escassas foram divulgadas.

O plano original da diretora Kathryn Bigelow e do roteirista Mark Boal era filmar a fuga de Osama Bin Laden em uma batalha contra o exército americano no leste do Afeganistão, em 2001. Mas a morte do terrorista fez a dupla responsável por ‘Guerra ao Terror’ (2008) mudar de foco.

Destaque, então, para Maya, uma versão da agente da CIA responsável pelo plano que encontrou o esconderijo do líder da Al-Qaeda, interpretada com intensidade por Jessica Chastain. O filme mostra os percalços da jovem oficial do governo americano em um intervalo de oito anos, entre sua chegada à agência de inteligência e o encerramento de sua missão. De novata impressionada com as torturas na prisão de Guantánamo, ela se torna uma fria e experiente sobrevivente de atentados no Oriente Médio e da desconfiança política de Washington.

Indicado a cinco Oscar – incluindo melhor filme, atriz (Chastain) e roteiro –, ‘A Hora Mais Escura’ é pura tensão e expectativa. Sem imagens e com áudios registrados durante os ataques de 11 de setembro de 2001, os primeiros minutos do filme impressionam. Em seguida, os interrogatórios acompanhados de tortura são desconfortáveis como poucas produções ousaram ser – e Bigelow claramente expõe a tortura como fundamental para o sucesso da operação.

Mesmo o desfecho, já conhecido, é de prender a respiração, uma sequência de ação espetacular. Ao fim, o filme fica muito distante de ser apenas um simples entretenimento hollywoodiano e tende a marcar época como um memorável thriller político.