Vitralizado

Posts com a tag Lauro Larsen

HQ

Janaína de Luna, Lauro Larsen e Carlos Junqueira falam sobre Os Morcegos-Cérebro de Vênus e Outras Histórias. Assista!

O Carlos Neto do Papo Zine gravou quase a íntegra da minha conversa com Janaína de Luna, Lauro Larsen e Carlos Junqueira sobre Os Morcegos-Cérebro de Vênus e Outras Histórias que rolou lá na Ugra no dia 12 de agosto. Gostei muito desse papo. Conversamos sobre a origem do livro, os métodos de restauração dos quadrinhos e ainda rolaram algumas revelações interessantes sobre os próximos títulos da Coleção Incendiária. Vale tirar uma horinha aí pra assistir com calma. Dá o play:

HQ

Sábado (12/8), às 16h: uma conversa na Ugra Press com os editores de Os Morcegos-Cérebro de Vênus e Outras Histórias

Já falei um monte por aqui como Os Morcegos-Cérebro de Vênus e Outras Histórias é uma das granes sacadas editoriais publicadas no Brasil em 2017 – tanto na minha matéria sobre o livro pro UOL quanto na entrevista com os editores do álbum. Sábado agora, dia 12 de agosto, estarei com o Lauro Larsen, o Carlos Junqueira e a Janaína de Luna da Mino na loja da Ugra aqui em São Paulo pra conversar sobre o projeto. O papo tá marcado pra começar às 16h e a ideia é conversar um pouco sobre quadrinhos pré-Comic Coe, o contexto político e cultural do período, curiosidades sobre a produção do livro e o futuro da Coleção Incenciária. Imperdível, viu? Recomendo que você presença lá na página do evento no Facebook.

HQ

(Quase) Toda a Mino na Geek

Cara, se estiver em São Paulo na 5ª (16/6) a noite, apareça lá na Geek no Conjunto Nacional. O pessoal da editora Mino organizou um bate-papo com vários de seus autores e me chamou pra mediar essa conversa. O encontro tá marcado pra começar às 19h30. Saca a galera que vai estar por lá: Shiko (Lavagem), Alcimar Frazão (O Diabo e Eu), L.M. Melite (Dupin), Diego Sanchez (Quadrinhos Insones), Felipe Nunes (Dodô), Pedro Cobiaco (Aventuras na Ilha do Tesouro) e Janaína de Luna e Lauro Larsen – os editores da Mino. Certeza de papo bom. A bela arte do cartaz aqui em cima ficou por conta do Pedro Cobiaco. Vamos?