Vitralizado

Posts com a tag Episódio VII

Cinema

Lado a lado: Guerra nas Estrelas X O Despertar da Força

As muitas semelhanças entre o Guerra nas Estrelas original de George Lucas e o Despertar da Força de J.J Abrams são alguns dos pontos mais questionáveis do sétimo episódio da saga dos Skywalker. Aliás, certeza que muito da qualidade do filme vem de suas inspirações no filme de 77, mas é fato que essa reverência cega também causa incômodo. Ó que demais esse clipe editado pelo usuário do Vimeo Zachary Antell colocando várias cenas dos dois filmes lado a lado. Ctrl+C, Ctrl+V:

Cinema

## Retrospectiva Vitralizado 2015: o retorno de Guerra nas Estrelas ##

A Retrospectiva Vitralizado continua com mais alguns posts em 2016, mas encerro 2015 falando do filme mais importante do ano pra mim. Sim, mais importante por toda a sua relevância na minha formação. E putz, é um filmaço, cara. Todos os Guerra nas Estrelas são rasos pra caramba, a Trilogia é diversão em seu mais puro estado, com poucas nuances, tudo meio preto e branco mesmo. É um filme que resulta em muita conversa sobre o futuro da saga, mas que nem pede muito aprofundamento em relação à sua trama. J.J. Abrams foi no ponto com O Despertar da Força. [segue um Spoiler – aliás, sério que você se preocupa com spoiler e ainda não viu o filme?] Eu queria assistir em looping, durante umas três horas, a cena em que a Rey pega o sabre de luz logo após o Kylo Ren derrotar o Finn. Porra cara, aquilo é lindo.

Cinema

O Despertar da Força X Apocalypse Now

E aí, tem a ver, não tem? Sacada do pessoal do The Film Stage. Frame tirado da trailer japonês de Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força em comparação com uma cena do clássico de Francis Ford Coppola. Aliás, hoje também soltaram um pôster novo da produção. Disney, sério, por favor, para com esse negócio de trailer. Tá bom demais, acho que foi além da conta e suspeito que já sei mais da trama do que gostaria.

StarWarsJapnoês

Cinema

O Despertar da Força X Star Trek

Já comentei por aqui sobre o trabalho do pessoal do Tea and a Movie. Outro dia eles fizeram uma comparação bem legal entre frames do Guerra nas Estrelas original, o Star Trek do J.J. Abrams e uma cena de O Despertar da Força. Eles continuaram investindo nessa linha nos últimos dias. Tipo essa comparação aqui em cima, mostrando o efeito de lens flare tão querido por Abrams. Também notaram outras semelhanças ainda mais legais, algumas entre as três produções e outras só entre as mais recentes. O mais sensacional é que tão encontrando esses padrões só a partir do trailer do Episódio VII. Deixa sair o filme pra ver a quantidade de coisa parecida que vão encontrar…

ST-EP7-Perdidos

SW-ST-EP7

Cinema

Luke, Kirk, Rey e a jornada do herói

A sacada linda nessas imagens aqui de cima é do pessoal do excelente Tea and a Movie e ela faz pensar um monte. Colocados lado a lado, os frames dizem um tanto imenso sobre cada um dos filmes e seus realizadores. George Lucas sempre deixou clara a paixão que sente por Joseph Campbell, seus estudos sobre o poder do mito e a jornada do herói. Os frames com os personagens são basicamente o registro do primeiro passo dessa jornada descrita por Campbell, o exato instante em que os futuros heróis expressam suas ânsias por aventura a partir de um ambiente ordinário.

Lucas expressou todos os sonhos de Luke nessa cena, a mais bonita do primeiro filme da Trilogia. Abrams reproduziu o mesmo conceito em uma cena estrelada por um jovem James Tiberius Kirk logo no início de seu Jornada nas Estrelas. A cena com Rey sentada no desértico planeta Jakku olhando cheia de esperança a partida de uma nave passa a mesma mensagem. J.J. Abrams é um diretor-fã-pesquisador-estudioso de Guerra nas Estrelas. O cara tá seguindo à risca o manual. O Despertar da Força vai ser massa. Tem erro não.

Cinema

Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força: agora só falta o filme

Você já viu os teasers, os pôsteres e agora o trailer definitivo. Fica aqui só pelo registro histórico, pois creio que você já assistiu em algum outro canto, certo? Só ressalto o que já disse antes: o Luke não deve ser muito mais que um McGuffin. De resto, os dois minutos e meio dessa prévia já são melhores que os três filmes dirigidos pelo George Lucas entre 1999 e 2005. Dia 18 de dezembro nos cinemas. Pra você ver outra vez:

Cinema / Sem categoria

Sobre o pôster de Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força

Não tem Luke e tem uma pseudo-Estrela da Morte ali no canto. O Luke estará no filme, não só por sabermos que o Mark Hamill participou das gravações, como também pelo fato do J.J. Abrams ser fiel às origens do George Lucas – apesar do próprio Lucas ter deixado de seguir alguns de seus preceitos originais. Na jornada do herói é necessário um mestre que ajude no processo de evolução do personagem. Será o Luke a pessoa responsável por conduzir Finn e Rey nesse percurso. Mesmo assim, acho que só veremos esse possível treinamento num oitavo episódio. O Luke não deve ser muito mais que um McGuffin. Da mesma forma, Kylo Renn é o testa de ferro do vilãozão dessa trilogia nova. Sei lá se o malvadão mesmo será o personagem interpretado pelo Andy Serkis, o dono da voz que ouvimos no primeiro teaser, ou o Benicio del Toro, que já confirmou presença no Episódio VIII. Talvez amanhã rolem umas pistas novas, quando o trailer sair.

Outra coisa: banco o nerd chato quando digo que Guerra nas Estrelas pra mim são três filmes lançados entre 1977 e 1983, mas realmente acredito nisso. Talvez até os próprios produtores da série também tenham passado a interpretar a coisa dessa forma. Acho que todo mundo notou que o ‘Episódio VII’ sumiu do título né? Acho que os caras querem que as pessoas não se sintam incomodadas de irem ao cinema ver o sétimo capítulo de uma série iniciada lááá no final dos anos 70. Enfim, sou purista em relação a Guerra nas Estrelas hehe Por melhor que seja esse filme, pra mim será sempre a fanfic do J.J. Abrams.