Vitralizado

Posts com a tag Christopher Nolan

Cinema / HQ / Revistas

A Wired de Christopher Nolan e o capítulo perdido de Interstellar em quadrinhos

O Christopher Nolan foi convidado pra editar a Wired de dezembro e a capa da revista é essa aqui em cima. Dá pra esperar muitas revelações não só sobre Interstellar como também algumas curiosidades da filmografia do diretor. A lista mesmo que publiquei por aqui ontem diz muito sobre o enredo da produção mais recente do cineasta e também apresenta várias das fontes de inspirações para os longas anteriores de Nolan. Uma das pérolas da revista é uma versão em quadrinhos para a história do Dr. Mann, o líder das missões Lazarus que antecederam a aventura apresentada no filme. O traço da hq é do Sean Gordon Murphy e dá pra ler na íntegra lá no site da revista. Segue o trailer que montaram pra edição:

Cinema

A biblioteca de Christopher Nolan em Interstellar

Quem já assistiu Interstellar sabe da importância que a biblioteca na casa dos protagonistas da produção tem pra trama do filme. Quando saí do cinema fiquei pensando se era possível ver os títulos de alguns dos livros presentes nas estantes e quanto tempo demoraria pra listarem as obras selecionadas por Christopher Nolan para aparecerem em seu épico de ficção científica. Editor do próximo número da Wired, o diretor divulgou para a revista nove dos livros que constam na casa do personagem interpretado por Matthew McConaughey. Como era de se esperar, não foi uma seleção aleatória e as obras revelam bastante sobre as fontes de inspiração do cineasta.

O post original na Wired tá aqui. Segue a lista, com a tradução que fiz para os comentários do Nolan. Não encontrei os títulos em português da maioria dos livros e não sei se eles foram lançados no Brasil. Se alguém tiver ser certeza é só avisar que atualizo.

The Wasp Factory, de Iain Banks: “Uma vez lido, nunca esquecido, estranhamente comovente, a história de um pai e uma filha vivendo praticamente isolados.”;

Selected Poems, de T. S. Eliot: “Conceitos complexos de tempo e espaço as vezes são melhores expressos pela arte do que pela ciência. ‘Four Quartets’ é tão intelectualmente estimulante sobre o tempo quanto qualquer texto científico.”;

A Dança da Morte, de Stephen King: “Um enredo sombrio que nos lembra que nossa perspectiva durante eventos grandiosos será sempre intimista.”;

Gravity’s Rainbow, de Thomas Pynchon: “O mais elegante de todos os títulos. De todos.”;

Emma, de Jane Austen: “Um lindo nome para um lindo livro (ou para um lindo produtor).”;

A Wrinkle in Time, de Madeleine L’Engle: “Minha introdução à ideia de dimensões superiores, incluindo o conceito de um tesseract.”;

Labyrinths, de Jorge Luis Borges: “O nome diz tudo.”;

The Go Between, de L.P. Hartley:”Experiências de infância ecoando pelos corredores da maturidade. Emocionante, com uma das melhores frases iniciais de todos os tempos.”;

Flatland: A Romance of Many Dimensions, de Edwin Abbott: “Uma tentativa notável de mudar a forma como você olha o mundo ao seu redor”.

Cinema

Interstellar e a versão atualizada do meu ranking Christopher Nolan

Viu Interstellar? Gostei muito. Fiquei com a impressão de ter visto vários filmes em um só. A primeira parte me lembrou uma mistura de Wall-E com Contatos Imediatos de 3º grau. Li em algum lugar que o Spielberg uma vez disse que hoje em dia jamais faria o final de Contatos como filmou nos anos 70. Ele se referia ao pai abandonando a família e partindo com os alienígenas. O início do filme novo de Christopher Nolan está bastante centrado nesse tema: os recursos da Terra chegaram ao fim e o piloto vivido por Matthew McConaughey precisa partir rumo a outra galáxia para garantir a sobrevivência da humanidade. O preço da missão está em abandonar seus dois filhos, sem garantia de retorno.

A abordagem apocalíptica de Wall-E está presente em todo o filme, tanto em relação ao destino terrestre quanto aos possíveis planos para salvar a humanidade. Ano passado eu imaginei que o filme tivesse um enredo mais existencialista, na pegada de A Árvore da Vida. Ainda bem que não foi assim. Vi o filme a noite, em um cinema de shopping e em uma sessão lotada de crianças e adolescentes. Assim como em outros filmes do Nolan, o enredo nem sempre é compreendido facilmente e muita gente conversa durante a projeção para entender o que está acontecendo. Em determinada cena de ação, já nos instantes finais do longa, predominou um silêncio profundo. Sensacional o domínio que Nolan tem do público.

Interstellar2-1024x682

Interstellar não é tão bom como 2001, mas há referências óbvias ao clássico de Kubrick. Mencionar as cenas que considero mais semelhantes resultaria em spoilers, mas acredito que Nolan acabou por revelar uma possível leitura sua para o encerramento da obra de 1968. Impossível também não lembrar de Contato, de Robert Zemeckis. Logo quando o primeiro trailer saiu já foi possível notar um diálogo entre os dois filmes – e não só pela presença de McConaughey nas duas produções. As abordagens de ambos para o gênero da ficção científica, o tema das viagens espaciais e a interpretação de vidas extra-terrestres são bastante parecidos.

Ainda estou confuso em relação à trilha de Hans Zimmer. Parceiro de Nolan, ele criou composições memoráveis para A Origem e os três Batman. Pretendo assistir Interstellar outras vezes, mas de primeira a trilha do filme não grudou na minha cabeça. De qualquer forma, um filmaço. Apesar de irregular em alguns aspectos, é mais um épico de um dos grandes diretores dos nossos tempos. A partir de agora, meu ranking Christopher Nolan fica assim:

1) Amnésia;
2) Inception;
3) O Cavaleiro das Trevas;
4) Interstellar;
5) O Grande Truque;
6) Insônia;
7) O Cavaleiro das Trevas Ressurge;
8) Batman Begins.

Cinema

O novo trailer de Interstellar e a trilha sonora de Hans Zimmer para o filme de Christopher Nolan

PosterNovo Interstellar

Várias imagens bonitas, o clima do filme começa a ficar mais explícito e a tensão dramática também – o protagonista precisa escolher entre salvar a Terra ou ver os filhos mais uma vez. Mas a novidade mesmo é a trilha do Hans Zimmer. Nas prévias divulgadas até agora não havia sido entregue muito do trabalho dele. E os filmes do Nolan sempre casam bem demais com as composições do Zimmer, sendo um show a parte nas produções. Os três Cavaleiro das Trevas e Inception tão aí pra comprovar. Dá o play:

PS: Jessica Chastain ou Anne Hathaway? Qual das duas var dar continuidade às mortes de mulheres nos filmes de Nolan? A Anne Hathaway já sobreviveu no final de O Cavaleiro das Trevas Ressurge…

Cinema / Revistas

Interstellar na capa da Empire de novembro

EmpireNovembro

Tá tensa a espera por Interstellar, hein? Viu que o filme tá na capa da Empire de novembro? Só fico pensando se esse filme for realmente tudo isso que acreditamos que pode ser. É o oitavo filme dirigido pelo Christpher Nolan contando a partir de Amnésia, em 2000. Depois vieram Insônia, Batman Begins, O Grande Truque, O Cavaleiro das Trevas, Inception e O Cavaleiro das Trevas Ressurge. Tem algum diretor aí, ainda trabalhando, com esse currículo? E se Interstellar for essa coisa toda, o cara entra de vez no clube dos maiores de todos os tempos? Ou ele já tá lá?

InterstellarNovo