Vitralizado

Posts com a tag Aninha Costa

HQ

A cagada épica do HQMIX [atualizado]

Sempre acompanhei de longe o HQMIX, prêmio máximo das HQs nacionais. Achava a premiação divertida, mesmo questionando VÁRIOS resultados, e usava o troféu como referência para bons quadrinhos na época que comecei a me interessar por gibis. Daí hoje os organizadores da festa colocaram no Facebook um campanha tosca pra divulgar a próxima premiação, que rola daqui algumas semanas no Sesc Pompéia. É tão estúpida que vi gente cogitando que a fanpage do prêmio tivesse sido hackeada. Apesar de já terem tirado os anúncios do ar, o print dado pela Aninha Costa da Gibiteria tá aqui em cima pra confirmar a cagada. Uso o Vitralizado pra falar de coisas legais, mas foi uma idiotice tão próxima de tudo que trato por aqui que vale MUITO o registro. Sei que muita gente ainda vai dizer um tanto de coisa sobre esse ocorrido e deixo o post em aberto para quem quiser se pronunciar – inclusive os organizadores do prêmio. Reproduzo a seguir os depoimentos do Pedro Cobiaco e da Aninha, duas pessoas no centro do universo dos quadrinhos nacionais que fizeram reflexões extremamente lúcidas. Ó:

[Atualização às 18h30 do dia 3 de setembro: enquanto o pessoal do HQMIX não pede sequer uma desculpa mínima, o pessoal do grupo Mulheres em Quadrinhos publicou uma carta aberta para os organizadores do prêmio. Republico o texto no final do post]

[Atualização às 21h30 do dia 3 de setembro: foi publicada na página do HQMIX no Facebook o que parece ser uma resposta em relação ao ocorrido. A publicação vem sem qualquer pedido de desculpa relacionado à campanha polêmica. Assim como fiz com as principais manifestações relacionadas às imagens publicadas mais cedo pelos organizadores do prêmio, reproduzo no final do post a mensagem do pessoal do HQMIX]

[Atualização às 22h do dia 3 de setembro: após a resposta do pessoal do HQMIX, darei um pequeno pitaco nessa história. Está clara a dificuldade dos organizadores do prêmio em compreender a falha, assumir o erro e pedir desculpas. Eles tratam a repercussão do ocorrido como exagero e não entendem a gravidade do material de divulgação postado mais cedo. Compartilho das opiniões da Aninha, do Pedro e de todos que assinam a carta aberta publicada pelo grupo Mulheres em Quadrinhos. E vale ressaltar: a incapacidade de interpretar e entender as críticas levantados por editores, desenhistas, escritores e leitores permite questionar a capacidade dos responsáveis do HQMIX como avaliadores de histórias em quadrinhos. Antes de ler HQs é necessário saber ler o mundo e seus principais dilemas no presente.]

[Atualização às 11h30 do dia 7 de setembro: foram necessários quase cinco dias para os organizadores do prêmio darem o braço a torcer. Hoje de manhã foi publicado um pedido de desculpas pela campanha de divulgação do troféu na página do HQMIX no Facebook. Precisou de tanto assim para aceitarem o erro? A demora pelo pedido de desculpa tornou o ocorrido ainda mais absurdo. Seja como for, reproduzo no final do post a mensagem do pessoal do HQMIX]

[Atualização às 15h30 do dia 7 de setembro: as desculpas do HQMIX não foram muito bem aceitas. Reproduzo no final do post uma mensagem publicada no facebook pela quadrinista Lovelove6]

[Atualização às 20h30 do dia 9 de setembro: entrei em contato com a assessoria de comunicação do Sesc Pompeia na última sexta-feira (4/9), em busca de um posicionamento da Instituição em relação ao ocorrido envolvendo o HQMIX. Recebi um retorno hoje, às 19h37, para os seguintes questionamentos: 1) o Sesc estava ciente da campanha de divulgação do prêmio? 2) o Sesc foi consultado em relação ao material de divulgação produzido pelos organizadores do HQMIX? 3) o Sesc assume alguma postura em relação a essa polêmica? 4) o Sesc entrou ou pretende entrar em contato com os organizadores do prêmio para ter esclarecimentos em relação ao conteúdo do material de divulgação? Reproduzo a resposta da assessoria de comunicação do Sesc Pompeia no final do post.]

[Atualização às 23h do dia 13 de setembro: ontem estive na entrega do HQMIX, mas só hoje consegui tempo pra comentar a premiação. Apesar de poucas, foram enfáticas as críticas feitas aos organizadores. Felipe Nunes (Artista Revelação, por Klaus), André Dahmer (Melhor Tira Nacional, por Malvados), Eloar Guazzelli (melhor Adaptação para os Quadrinhos, por Grande Sertão Veredas) e Rogério de Campos (melhor Editora, Veneta) ressaltaram que por mais importante que o prêmio seja para os quadrinhos nacionais, seus organizadores precisam assumir o erro cometido, mudar seus conceitos e evoluir em acordo com os tempos em que vivemos. Ana Recalde, vencedora na categoria Melhor Webtira por Beladona e uma das organizadores da carta aberta do grupo Mulheres em Quadrinhos, voltou a expor sua insatisfação com o material de divulgação com depoimento na mesma linha do conteúdo presente na carta. Vencedora na categoria TCC, Maria Fernanda Milão Fuscaldo subiu ao palco e afirmou estar de acordo com a fala de Ana. Ótimos questionamentos, principalmente aqueles vindos das mulheres premiadas. Saiu barato para o HQMIX e seus organizadores, mas os registros foram feitos. Torço para que os responsáveis pela premiação entendam finalmente que o debate iniciado em seguida ao trabalho de divulgação de péssimo gosto está apenas começando. É a hora deles tomarem partido. A relevância futura do troféu depende da postura assumida por seus organizadores a partir de agora – e mesmo assim eles já estarão atrasados.]

Continue reading