Vitralizado

Cinema / Sem categoria

Sobre o pôster de Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força

Não tem Luke e tem uma pseudo-Estrela da Morte ali no canto. O Luke estará no filme, não só por sabermos que o Mark Hamill participou das gravações, como também pelo fato do J.J. Abrams ser fiel às origens do George Lucas – apesar do próprio Lucas ter deixado de seguir alguns de seus preceitos originais. Na jornada do herói é necessário um mestre que ajude no processo de evolução do personagem. Será o Luke a pessoa responsável por conduzir Finn e Rey nesse percurso. Mesmo assim, acho que só veremos esse possível treinamento num oitavo episódio. O Luke não deve ser muito mais que um McGuffin. Da mesma forma, Kylo Renn é o testa de ferro do vilãozão dessa trilogia nova. Sei lá se o malvadão mesmo será o personagem interpretado pelo Andy Serkis, o dono da voz que ouvimos no primeiro teaser, ou o Benicio del Toro, que já confirmou presença no Episódio VIII. Talvez amanhã rolem umas pistas novas, quando o trailer sair.

Outra coisa: banco o nerd chato quando digo que Guerra nas Estrelas pra mim são três filmes lançados entre 1977 e 1983, mas realmente acredito nisso. Talvez até os próprios produtores da série também tenham passado a interpretar a coisa dessa forma. Acho que todo mundo notou que o ‘Episódio VII’ sumiu do título né? Acho que os caras querem que as pessoas não se sintam incomodadas de irem ao cinema ver o sétimo capítulo de uma série iniciada lááá no final dos anos 70. Enfim, sou purista em relação a Guerra nas Estrelas hehe Por melhor que seja esse filme, pra mim será sempre a fanfic do J.J. Abrams.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: