Vitralizado

Entrevistas / HQ

Rafael Coutinho e os sete anos de produção de Mensur

Mensur é a primeira grande HQ brasileira de 2017. O álbum de autoria do quadrinista Rafael Coutinho foi produzido ao longo de sete anos, entre 2010 e 2017 – um período no qual o autor também publicou os três primeiros volumes da série O Beijo Adolescente, criou a editora Narval Comix, idealizou a coletânea O Fabuloso Quadrinho Brasileiro de 2015 e esteve envolvido em vários projetos e eventos relacionados a quadrinhos, entre outras coisas. Ao longo dos últimos três dias foi publicada no Vitralizado uma longa entrevista feita com o artista em seu ateliê no bairro Butantã no dia 2 de fevereiro de 2017, mesmo data em que Mensur foi enviada para impressão. Você lê a entrevista, dividida em três partes, nos links a seguir:

Rafael Coutinho e os sete anos de produção de Mensur – Parte I: “Cheguei a encarar como um projeto que eu nunca iria acabar e que eu teria que viver com essa dívida”;

Rafael Coutinho e os sete anos de produção de Mensur – Parte II: “O protagonista precisava ser a representação das múltiplas facetas da agressividade dentro da vida de alguém”;

Rafael Coutinho e os sete anos de produção de Mensur – Parte III: “É a estética do preto e branco do Cachalote com características da fragmentação do Beijo no âmbito de uma história adulta”.

1 comentário Rafael Coutinho e os sete anos de produção de Mensur

  1. Pingback: Ódio e delírio em Ouro Preto: Rafael Coutinho e as marcas de um ritual de violência em Mensur | Vitralizado

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: