Vitralizado

HQ

O retorno de Bill Watterson, o autor de Calvin e Haroldo

Três quadros ilustrados pelo autor de Calvin e Haroldo foram publicados semana passada na tira Pearl Before Swine. Quem afirma é o autor da tira, Stephan Pastis. No início da semana, antes da publicação, Pastis já havia sugerido que os leitores seriam surpreendidos nos próximos capítulos de sua série. Durante os últimos dias alguns sites especularam que o traço presente no quadrinho pertencia a Watterson. A suspeita só foi confirmada hoje, quando Pastis postou em seu blog um texto explicando como conseguiu fazer Watterson retornar aos quadrinhos mais de 18 anos após o término de seu trabalho mais famoso. Além do quadro central da tira aqui de cima, o pai do Calvin supostamente também ilustrou o centro das próximas duas tiras:

watterson2

watterson3

Segundo Pastis em seu blog, ele havia tentado entrar em contato com Watterson recentemente. Extremamente recluso, Watterson não respondeu. Algumas semanas depois, Pastis publicou um tira na qual fingia ser o autor de Calvin e Haroldo pra conseguir uma namorada em um bar. Ele mandou a tira pra Bill Watterson por email, agradecendo por seu trabalho em Calvin e dizendo o quanto ele era uma influência em Pearl Before Swine.

contatowatterson

Aí vem a surpresa: Watterson respondeu o email. Ele disse que adorou a tira e queria propor uma história para Pastis. A resposta do fã:

“Caro Bill,
Eu faço tudo o que você quiser, incluindo colocar fogo no meu cabelo.”

Watterson disse que conhecia o trabalho de Pastis, que costuma fazer piada do fato de suas habilidades como desenhistas não serem lá essas coisas. A ideia de Watterson era que Pastis batesse a cabeça e começasse a desenhar bem – e esses seriam os quadros ilustrados pelo convidado. O dono da tira propôs outra ideia: ele criaria uma nova personagem, uma criança, que soubesse desenhar melhor que ele. O traço dela seria de autoria de Watterson. O nome da garotinha chama Libby, que depois foi abreviado pra Lib – Bil ao contrário, como lembra Pastis em seu blog. A origem da personagem:

bil1

bil2

De acordo com Pastis, foi extremamente tranquilo trabalhar com Watterson e seu conceito para a tira foi mantido quase integralmente. Apenas uma fala foi alterada por sugestão de Watterson. Vale bastante a pena a leitura do post de Pastis. Ele diz que prefere não revelar muito sobre a dinâmica da produção com seu convidado, até pra preservar Watterson. Ele conta que que a produção foi bastante analógica e o pai do Calvin preferiu evitar ao máximo qualquer ferramenta digital durante a produção das tiras. Todos os contatos foram feitos por email e ele jamais conversou por telefone com seu colega. Demais né?

Só fico aqui pensando…ano passado completou 18 anos do final de Calvin e Haroldo. Pouco depois, o Bill Watterson dá duas entrevistas seguidas após anos de reclusão (uma aqui e outra aqui). Daí ele produz um cartaz pro documentário Stripped. Pode ser só sonho meu, mas será que não tá batendo nele uma saudade dos quadrinhos hein? Podia ser.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: