Vitralizado

HQ / Marvel

O Quarteto Fantástico de Josh Trank e os Arqueólogos do Desconhecido de Planetary

Já leu Planetary? E o trailer do novo filme do Quarteto Fantástico? Assistiu? Estou forçando muito a barra em ver uma relação entre as duas coisas – pelo menos por enquanto. Achei o vídeo uma prévia muito bem amarrada de uma produção que considero bastante promissora. Já Planetary é um dos clássicos modernos das histórias em quadrinhos. Escrita pelo Warren Ellis e com desenhos do John Cassaday, é uma série de 27 edições protagonizadas por três pessoas, os Arqueólogos do Impossível, que desvendam os mistérios do Universo. Corra atrás dos quatro encadernados que colecionam o título, a Panini relançou ano passado.

Gosto muito de pensar que o Josh Trank vai desligar da estética Marvel e criar uma linguagem e abordagem própria para o que podemos compreender como super-heróis. Aliás, estamos falando do cara que filmou Poder Sem Limites – fácil, fácil no meu top 5 de melhores filmes de super-heróis de todos tempos, junto com o primeiro Super-Homem e o Unbreakable do Shyamalan. Sei lá, pode não ser nada disso e o filme zicar completamente, mas eu boto mó fé nesse Quarteto. Stan Lee e Jack Kirby inspiraram com força o trabalho de Ellis e Cassaday. Josh Trank devia dar o troco com consciência pesada zero. De leve, mas bem de leve mesmo, esse trailer me fez acreditar que isso possa ter rolado. Pra quem conhece, vê só se não tem algo de Planetary nesse Quarteto:

7 comentários O Quarteto Fantástico de Josh Trank e os Arqueólogos do Desconhecido de Planetary

  1. Pingback: O que o novo Quarteto Fantástico tem a ver com os filmes de David Cronenberg? | Trabalho Sujo

  2. Bruno Privatti

    Se fosse uma versão à la Planetary não ia dar certo. Na versão imaginada pelo Warren Ellis, o Quarteto é composto de sociopatas, os verdadeiros vilões da HQ.

    Reply
  3. J Eduardo Dantas

    Achei tua análise bem interessante, Ramon – de fato, o trailer trouxe um conceito que lembra muito Planetary mesmo. E eu também estou dando a mão à palmatória e pagando pra ver como esse filme vai ficar: não esqueço que “X-Men: First Class”, também da Fox, parecia que seria uma BOMBA até os 45 do segundo tempo, quando pegou todo mundo de surpresa e acabou sendo um ótimo filme. Tenho pra mim que o truque vai rolar outra vez…

    Reply

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: