Vitralizado

HQ / Matérias

David Lloyd fala sobre V de Vingança, distopias, fascismo, Bolsonaro, Trump e Boris Johnson

V de Vingança é um dos maiores clássicos dos quadrinhos mundiais. Com roteiro do Alan Moore e arte do David Lloyd, a HQ é ambientada em um futuro distópico e pós-apocalíptico do Reino Unido após uma guerra nuclear que devastou grande parte da população mundial. O anarquista mascarado protagonista do quadrinho tem como missão destruir o governo neofascista, LGBTfóbico, racista e fanático religioso que está no poder.

O David Lloyd estará no Brasil nos próximos dias, como convidado da Comic Con RS e da festa de aniversário de um ano da loja Monstra, em São Paulo. Entrei em contato com o artista e perguntei se ele se ele vê alguma relação entre o cenário distópico de seu trabalho mais famoso e a nossa realidade habitada por Bolsonaro como presidente do Brasil, por Donald Trump como presidente dos Estados Unidos e por Boris Johnson como primeiro-ministro britânico. Você lê a resposta dele no meu texto pro portal UOL.

Um quadro de V de Vingança, clássico das HQs com roteiro de Alan Moore e arte de David Lloyd

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: