Vitralizado

Cinema / HQ / Marvel

O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro

HA2-1

Acho que li os principais clássicos do Homem-Aranha. Os anos de Stan Lee com o personagem e outros arcos memoráveis, como A Última Caçada de Kraven. Também li muita porcaria, principalmente no começo dos anos 90, quando era mais novo e meu senso crítico não era dos mais apurados. Não sinto muita simpatia pela atual trama da revista do personagem: o Doutor Octopus dominou a mente de Peter Parker e vem agindo como Homem-Aranha há um ano. Mas é puro preconceito, pois não li. No entanto, estive em uma palestra do atual roteirista da série e responsável por esse enredo esquisito, Dan Slott. Um comentário do autor foi no ponto do que penso dessa segunda leva de filmes protagonizados por Peter Parker. Segundo ele, o elenco de O Incrível Homem-Aranha de Marc Webb é muito superior ao dos filmes dirigidos por Sam Raimi, mas as tramas não oferecem um terço do carisma dos longas estrelados por Tobey Maguite e Kirsten Dunst. O Espetacular Homem-Aranha 2 só reforça essa teoria.

HA2-2

Peter Parker vive assombrado pela promessa feita pelo capitão George Stacy: pouco antes de morrer, ele proibiu o herói de continuar seu namoro com Gwen Stacy, filha do policial. Ao mesmo tempo, o cientista milionário Norman Osborne morre e seu filho Harry volta da Europa para herdar sua fortuna. Ele descobre que o sangue do Homem-Aranha possui a cura da doença que matou seu pai e está presente em seus genes. Além disso tudo, um ex-funcionário de Osborn, vítima de um acidente que o transforma no vilão Electro, quer se vingar de uma humilhação pública imposta pelo herói. É muita trama para pouco tempo. Ainda relacionam a morte dos pais de Peter à origem dos poderes do Homem-Aranha, tirando toda a graça da origem banal do personagem. As cenas de ação são boas, os efeitos também e gosto como alguns elementos do universo do herói são introduzidos sem muito alarde – como os prováveis vilões dos próximos filmes da série. O clímax da produção é o ponto alto, mas principalmente pela simpatia de Andrew Garfield e Emma Stone. Já o Electro de Jamie Foxx não faria feio junto aos vilões do Batman & Robin de Joel Schumacher.

2 comentários O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: