Vitralizado

Posts na categoria Matérias

HQ / Matérias

Fabio Zimbres, Márcio Jr., Mechanics e o relançamento do clássico Música para Antropomorfos

Música para Antropomorfos é um dos grandes clássicos dos quadrinhos brasileiros, parte de um projeto singular que ainda resultou em um disco e uma animação. Parceria do quadrinista Fabio Zimbres com os músicos do grupo Mechanics, o quadrinho retornará às livrarias pela editora Zarabatana Books a partir do dia 10 de agosto, após mais de 10 anos esgotado e chegando a toda uma geração que jamais teve acesso a uma das obras mais singulares das HQs nacionais. Eu entrevistei duas das mentes por trás dessa empreitada, Zimbres e o vocalista do Mechanics, Márcio Jr., e esses papos viraram matéria na edição de hoje do jornal O Globo. Você lê o meu texto clicando aqui.

HQ / Matérias

Black Hammer: Origens Secretas, Jeff Lemire e super-heróis

Há uma comoção no mercado editorial brasileiro pelo nome do quadrinista canadense Jeff Lemire. Nos últimos meses saíram em português: Nada a Perder pela editora Nemo, Trillium pela Panini Comics, uma prévia de Gideon Falls pela editora Mino e o primeiro encadernado da série Black Hammer pela Intrínseca. Escrevi uma resenha sobre esse último pra edição de hoje do jornal Folha de São Paulo. Com roteiro de Lemire, arte de Dean Ormston e cores de Dave Stewart, Black Hammer: Origens Secretas é protagonizado por um grupo de super-heróis fingindo ser uma família normal em uma cidadezinha do interior dos Estados Unidos misteriosamente isolada no tempo no espaço enquanto tentam voltar para suas realidades. Você lê o meu texto por aqui.

HQ / Matérias

Seth, realidade, ficção, colecionismo e A Vida É Boa, Se Você não Fraquejar

A Vida É Boa, Se Você não Fraquejar é um dos melhores quadrinhos publicados no Brasil em 2018. Mistura de ficção e realidade, o álbum narra a jornada do autor do álbum, o quadrinista canadense Seth, por informações sobre o misterioso cartunista Jack ‘Kalo’ Kalloway. Lançado por aqui pela Mino, A Vida É Boa é o segundo trabalho de Seth publicado no Brasil – anteriormente a Bolha havia lançado em português o também excelente Wimbledom Green. Eu entrevistei o Seth e esse papo virou matéria para a edição de hoje do jornal Folha de São Paulo. Papo bom sobre quadrinhos biográficos, a relação entre realidade e ficção e colecionismo. Você lê o meu texto por aqui.

HQ / Matérias

Bianca Pinheiro, Greg Stella e o nonsense experimental de Eles Estão Por Aí

Escrevi para a edição de junho da revista Rolling Stone sobre Eles Estão Por Aí, álbum do casal Bianca Pinheiro e Greg Stella publicado pela editoria Todavia. Escrever a sinopse desse trabalho mais recente da dupla de Meu Pai é Um Homem da Montanha foi um desafio bem divertido, que já leu saca a loucura da obra, mas acho que valeu o empenho. Eles Estão Por Aí é uma das minhas leituras favoritas do ano, pela trama nonsense e a vibe quase experimental do quadrinho. Aposto alto como um dos destaques de 2018 lá no final do ano. A Rolling Stone de junho já está nas bancas.

Matérias

Tom Rachman, The Italian Teacher, artistas e a busca por reconhecimento

O trabalho mais conhecido do escritor e jornalista anglo-canadense Tom Rachman é o excelente Os Impefeccionistas, sobre a rotina de um jornal de política internacional sediado em Roma e os dramas de profissionais de uma redação em crise. Seus dois livros seguintes ainda não foram publicados em português, Basket of Deplorables e The Rise & Fall of The Great Powers. O mais novo romance do autor foi lançado em março de 2018 e teve seus direitos comprados pela editora Record. Ainda sem previsão de lançamento no Brasil, The Italian Teacher narra a vida trágica do filho do pintor Bear Bavinsky, apresentado como um dos maiores artistas do século XX. Eu já havia entrevistado Rachman em 2014, logo em seguida ao lançamento de The Rise & Fall of The Great Powers, e voltei a falar com ele agora, sobre seu trabalho mais recente. O papo virou matéria no jornal O Globo. Você lê o meu texto e um pouco mais sobre o livro, junto com algumas das reflexões propostas por Rachman na obra, clicando aqui. (Crédito da foto em destaque: Rasmus Schou)

HQ / Matérias

O virtuosismo narrativo do italiano Gipi em A Terra dos Filhos

Eu escrevi para o jornal Folha de São Paulo uma resenha de A Terra dos Filhos. O álbum é o primeiro trabalho do quadrinista italiano Gipi publicado em português e conta a jornada de dois irmãos tentando sobreviver em um mundo pós-apocalíptico. A obra é uma das minhas leituras preferidas de 2018 e um dos lançamentos mais importantes do ano no país. Recomendo que você leia o quanto antes. Você confere o meu texto para a Ilustrada por aqui.