Vitralizado

Posts na categoria Matérias

HQ / Matérias

Luzes de Niterói: Marcello Quintanilha, quadrinhos, futebol e memórias

O mais novo trabalho do quadrinista Marcello Quintanilha finalmente chegou às livrarias brasileiras. Publicado pela editora Veneta alguns meses após seu lançamento na França e em Portugal, Luzes de Niterói é livremente inspirado em um dia de caos vivido pelo pai do artista na década de 50, quando Hélcio Carneiro Quintanilha era jogador de futebol. Tão impactante quanto os trabalhos recentes mais aclamados do quadrinista, Tungstênio e Talco de Vidro, Luzes de Niterói constará em muitas listas de melhores do ano quando 2019 chegar ao fim.

Eu entrevistei Quintanilha sobre as inspirações por trás de seu novo álbum e o desenvolvimento da HQ. Transformei essa conversa em texto publicado hoje, no caderno Ilustrada do jornal Folha de São Paulo. Você lê a minha matéria clicando aqui.

HQ / Matérias

A saída de Mike Deodato Jr. da Marvel e a parceria com Jeff Lemire no épico de ação e feitiçaria Berserker Unbound

O quadrinista brasileiro Mike Deodato Jr. anunciou o término do período de 24 anos de parceria entre ele e a Marvel Comics. Após tornar público o fim de mais de duas décadas de colaborações para a Casa das Ideias, ele revelou seu novo projeto, a série Berserker Unbound. Com roteiro de Jeff Lemire, o quadrinho começará a sair nos Estados Unidos em agosto de 2019, pela editora Dark Horse – a capa da primeira edição é essa aqui em cima. O título chega ao Brasil pela Mino, com previsão de lançamento para o início de 2020, simultaneamente à publicação do primeiro encadernado da série na América do Norte.

Eu entrevistei Deodato sobre essa decisão de sair da Marvel e também falamos sobre o desenvolvimento do projeto com Lemire e a trama da obra – sobre a chegada a uma metrópole moderna de um bárbaro com capa, espada, escudo e machado presos às costas tendo um bruxo em seu encalço. Transformei essa conversa em matéria pro UOL e você lê o meu texto clicando aqui.

HQ / Matérias

Minha Coisa Favorita é Monstro: Emil Ferris e a longa jornada da HQ mais celebrada no mundo nos últimos anos

Eu fiz duas entrevistas com a quadrinista Emil Ferris no ano passado. Uma primeira no início de 2018 e outra em julho, logo após ela vencer três troféus do Prêmio Eisner (melhor álbum, melhor escritora ou artista e melhor colorista) por Minha Coisa Favorita é Monstro. Aproveitei o lançamento da edição brasileira do quadrinho pela Companhia das Letras para transformar as minhas conversas com Ferris em matéria para o caderno Ilustrada do jornal Folha de São Paulo.

O meu texto foi publicado sábado (23/2) e nele eu conto um pouco sobre a história do livro e a longa jornada de Ferris até o lançamento da HQ nos Estados Unidos e sua posterior chegada ao Brasil. Você o lê meu texto clicando aqui. Acredito na presença de Minha Coisa Favorita é Monstro em grande parte das listas de melhores quadrinhos publicados no Brasil em 2019 – e também na inclusão da obra no rol das HQs mais canônicas vindos dos Estados Unidos nas últimas décadas (como Maus, Fun Home e Asterios Polyp). Não deixe essa passar, combinado?

HQ / Matérias

Jeff Smith e as cinco décadas de desenvolvimento do universo Bone

Bone: O Vale ou Equinócio Invernal é a primeira das três coletâneas prometidas pela editora Todavia reunindo a íntegra da versão colorida da série Bone em português. A obra do quadrinista Jeff Smith é um dos maiores clássicos das HQs mundiais e o autor é dono de uma das carreiras mais singulares da história dos quadrinhos norte-americanos. Eu conversei com Smith sobre essa versão de seu trabalho que acaba de chegar às livrarias brasileiras e o papo virou matéria no jornal Folha de São Paulo. Ele falou sobre a criação de Bone durante sua infância, comentou o desenvolvimento da saga ao longo dos anos e a decisão de relançar a obra em cores. Você lê o meu texto por aqui.

HQ / Matérias

Stan Lee (1922-2018)

O jornal Folha de São Paulo me pediu uma análise sobre a carreira do quadrinista Stan Lee (1922-2018), morto ontem (12/11), aos 95 anos, em Los Angeles. Destaquei aqueles que considero os principais méritos do cocriador do Universo Marvel, como editor da equipe criativa mais interessante da história das HQs de super-heróis e responsável por mordenizar e moldar um dos gêneros mais populares dos quadrinhos mundiais. Você confere o meu texto clicando aqui.

HQ / Matérias

Fugir – O Relato de Um Refém: Guy Delisle e os 111 dias de cativeiro de Christophe André

Eu entrevistei o quadrinista canadense Guy Delisle sobre Fugir – O Relato de Um Refém, obra recém-lançada no Brasil pela editora Zarabatana Books e uma das melhores HQs publicadas em português em 2018. O álbum adapta para quadrinhos um longo depoimento do trabalhador humanitário francês Christophe André sobre o período de 111 dias no qual ele ficou como refém de uma milícia na região do Cáucaso no ano de 1997.

Na nossa conversa, o autor falou sobre sua dinâmica com André durante a produção do livro, suas reflexões em relação ao drama vivido por seu personagem e a experiência de não dar as caras como protagonista após estrelar a tetralogia autobiográfica composta por Shenzhen – Uma Viagem à China, Pyongyang – Uma Viagem à Coreia do Norte, Crônicas Birmanesas e ‘Crônicas de Jerusalém. Esse papo virou matéria no UOL e você lê a minha matéria por aqui.