Vitralizado

Posts na categoria Cinema

Cinema / HQ / Séries

Vitralizado: 6 anos!

Hoje o Vitralizado completa seis anos de existência. Os posts de aniversário do blog costumam ser um breve editorial lembrando do que rolou por aqui nos 12 meses que passaram, com reflexões sobre a cena brasileira de quadrinhos e uma ou outra promessa pro futuro do site. Todo dia 3 de outubro também divulgo a arte do já tradicional postal de aniversário do blog – mas isso fica pra amanhã.

Dedico o dia de hoje a reforçar a única mensagem que importa para as próximas semanas: #EleNão. Votar em candidato militarista, pró-tortura, fascista, misógino, machista, xenófobo, homofóbico e racista – além de incompetente e ignorante em termos políticos e intelectuais – é compactuar com morte, perseguição, preconceito e censura. Ele não, ele nunca.

Cinema / HQ / Séries

Vitralizado #72 – 09.2018

No dia 3 de outubro de 2018 o Vitralizado completará seis anos de existência. Ao longo das próximas semanas darei instruções para a festa de aniversário e informações sobre o presente que preparei pros leitores do blog. Enquanto isso, faço uma retrospectiva com o que rolou de mais importante por aqui ao longo dos 30 dias de setembro. Teve entrevista pra caramba e mais um tanto de conteúdo exclusivo que você só encontra por aqui. A seguir, o sumário do 72º mês de existência do Vitralizado, ó que beleza:

*Entrevistei o quadrinista italiano Manuele Fior, autor de duas das minhas leituras preferidas de 2018: Cinco Mil Quilômetros Por Segundo (Devir) e A Entrevista (Mino). O papo virou matéria de capa do caderno de cultura do jornal O Globo e depois reproduzi a íntegra da minha conversa com o quadrinista por aqui. Aliás, a arte da capa do post é de autoria de Fior e foi tirada da galeria de ilustrações do site do artista;

*Eu suspeito que você nunca viu uma campanha de financiamento coletivo tão frenética quanto o Catarse de PARAFUSO ZERO – Expansão, próximo álbum do quadrinista Jão e que conta com o meu envolvimento no papel de editor. Seguimos acelerando a nossa produção de conteúdo sobre obra e demos continuidade por aqui à série PARAFUSO ZERO – Expansão: Bastidores. Ao longo das últimas semanas o Jão falou comigo sobre artistas e personagens que influenciam esse próximo trabalho dele, os desafios de administrar uma campanha de financiamento coletivo e os principais temas do livro. Também contamos com uma participação do designer Matheus Ferreira, responsável pelo logo da HQ;

*Entrevistei a quadrinista Aline Zouvi, autora de Óleo Sobre Tela, 17ª edição da coleção Ugritos;

*Conversei com Gabriel Góes, Oriol Barberà e Batista, responsáveis e idealizadores da terceira temporada do projeto Novo Amanhecer;

*Bati um papo com Luiz Navarro, Marcos Batista e João Perdigão, os editores da revista A Zica, sobre o quinto número da publicação;

*Em setembro rolou a Bienal de Quadrinhos de Curitiba e eu entrevistei um dos curadores do evento, o jornalista, crítico e tradutor Érico Assis;

*Atualizei a seção Vitralizado Recomenda com um texto sobre a oitava edição da revista Know-Haole, do quadrinista Diego Gerlach;

*Eu dividi uma mesa com a quadrinista Raquel Vitorelo, uma das artista da Série Postal 2018, na Banca de Quadrinistas 2018 do Itaú Cultural;

*Quatro rapidinhas: cê viu os cartazes da edição de 2019 do Festival de Angoulême? E as capas do Chris Ware e do Adrian Tomine pra duas edições de setembro da New Yorker? Aliás, falando em Chris Ware, tá sabendo do pôster que ele fez pro filme Private Life, né?

>> Veja o que rolou no Vitralizado #71 – 08.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #70 – 07.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #69 – 06.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #68 – 05.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #67 – 04.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #66 – 03.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #65 – 02.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #64 – 01.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #63 – 12.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #62 – 11.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #61 – 10.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #60 – 09.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #59 – 08.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #58 – 07.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #57 – 06.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #56 – 05.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #55 – 04.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #54 – 03.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #53 – 02.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #52 – 01.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #51 – 12.2016;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #50 – 11.2016;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #49 – 10.2016;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #48 – 09.2016;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #47 – 08.2016;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #46 – 07.2016.

Cinema / HQ / Séries

Vitralizado #71 – 08.2018

O 71º mês de existência do Vitralizado teve como destaque o relançamento de Música para Antropomorfos, clássico recente dos quadrinhos brasileiros, objeto de culto de quadrinistas nacionais e desaparecido das livrarias há mais de 10 anos. Além desse imenso especial dedicado à parceria entre Fabio Zimbres e a banda Mechanics, você ainda viu no blog a continuação da série de bastidores do próximo álbum do quadrinista Jão, mais um pouco de Série Postal e outro tanto de coisa que só dá as caras por aqui. Segue o sumário do blog no mês de agosto:

*Está no ar a campanha de financiamento coletivo de PARAFUSO ZERO – Expansão, próximo álbum do quadrinista Jão, no qual estou trabalhando como editor. Ao longo das últimas semanas tenho publicado por aqui a série PARAFUSO ZERO – Expansão: Bastidores, na qual o autor fala sobre as origens, as inspirações e o desenvolvimento da HQ. Nas últimas quatro segundas-feiras o Jão falou sobre as proporções pouco usuais dos trabalhos dele, comentou o formato singular de suas publicações, contou de um sonho com Moebius e tratou da relação desse próximo álbum com obras prévias assinada por ele. Leia e apoie!;

*Os 12 quadrinhos de 2017 da Série Postal foram anunciados como concorrentes ao Prêmio HQMix 2018 na categoria Publicação Mix. Enquanto isso, as atividades da Série Postal 2018 ainda não chegaram ao fim: eu reuni por aqui o depoimento do quadrinista Diego Gerlach sobre a produção do trabalho dele pro projeto e anunciei que estarei distribuindo os postais da coleção, junto com a artista Raquel Vitorelo, como convidados da Banca de Quadrinistas 2018 do Itaú Cultral;

*O especial do mês no blog foi dedicado ao relançamento de Música para Antropomorfos. Escrevi uma matéria pro jornal O Globo falando sobre a nova edição da HQ pela Zarabatana Books e publiquei por aqui a íntegra das entrevistas que fiz com Fabio Zimbres e Márcio Jr, coautores do livro. Ainda tive a oportunidade de mediar uma ótima conversa com o Márcio Jr. na loja da Ugra, aqui em São Paulo, no que foi o primeiro evento de relançamento da publicação;

*Também mediei uma conversa com o animador e quadrinista Wesley Rodrigues, autor do álbum Imaginário Coletivo, primeira HQ nacional da editora DarkSide Booksvocê confere trecho dessa conversa por aqui;

*Três rapidinhas: esbarrei no Twitter com esse ensaio bem massa do pessoal da Wired sobre a história das aberturas das série de TV e encontrei no Tumblr com esse cartaz da Emil Ferris para o Comic Arts Brooklyn 2017 e com essas artes do Daniel Clowes pra casa de shows francesa Wanderlust.

>> Veja o que rolou no Vitralizado #70 – 07.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #69 – 06.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #68 – 05.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #67 – 04.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #66 – 03.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #65 – 02.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #64 – 01.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #63 – 12.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #62 – 11.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #61 – 10.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #60 – 09.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #59 – 08.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #58 – 07.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #57 – 06.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #56 – 05.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #55 – 04.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #54 – 03.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #53 – 02.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #52 – 01.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #51 – 12.2016;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #50 – 11.2016;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #49 – 10.2016;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #48 – 09.2016;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #47 – 08.2016;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #46 – 07.2016.

Cinema / HQ / Séries

Vitralizado #70 – 07.2018

Chegou a hora de lembrar o que rolou de mais importante por aqui no70º mês de existência do Vitralizado. Em julho você viu por aqui o lançamento da última edição da Série Postal 2018, entrevistas com artistas brasileiros e estrangeiros e registros sobre a morte de Steve Ditko e da vitória de Marcelo D’Salete no Prêmio Eisner 2018. Enfim, muita coisa boa e deixo a promessa de um agosto ainda mais quente, com um material foda sobre uma das publicações nacionais mais importantes do ano, mas sem mais spoilers. Segue o sumário do blog no mês de julho:

*Anunciei o quadrinista Diego Gerlach como o autor da quinta e última edição da Série Postal 2018. O lançamento oficial do postal rola mais pra frente, mas você confere aqui a arte da HQ. Também reuni aqui no blog o depoimento da Deborah Salles sobre os bastidores da quarta edição do projeto. Já leu?;

*Começaram os trabalhos de divulgação do álbum PARAFUSO ZERO – Expansão, obra do quadrinista Jão que estou tendo o prazer de editar. Demos início à publicação de uma série de entrevistas paralelas ao projeto, chamada Os Super-heróis e o Quadrinho Autoral Brasileiro – já publicamos depoimentos de artistas como Laerte, João Pinheiro, Batista, Diego Gerlach e Rafael Coutinho. Também publiquei por aqui o início de uma série de conversas minhas com o Jão sobre a produção desse próximo projeto. E outra: tá sabendo da newsletter da PARAFUSO ZERO? Beeem massa também;

*Escrevi sobre a vitória do Marcelo D’Salete e de Angola Janga no Prêmio Eisner 2018. Um tremendo reconhecimento, mas provavelmente apenas mais um dos muitos que o autor ainda deverá receber no ano;

*Eu escrevi dois textos para o jornal Folha de São Paulo: uma resenha sobre Black Hammer: Origens Secretas, HQ do canadense Jeff Lemire publicado pela Editora Intrínseca, e uma matéria sobre A Arte de Charlie Chan Hock Chye, trabalho do malaio Sonny Liew lançado pela Pipoca & Nanquim;

*E a matéria sobre A Arte de Charlie Chan Hock Chye é fruto de uma entrevista minha com o Sonny Liew. Papo bem massa sobre um dos lançamentos mais legais do ano. Uma conversa sobre censura, quadrinhos, design e política;

*A outra entrevista internacional de julho foi o meu papo com Seth sobre A Vida É Boa, Se Você Não Fraquejar, um dos clássicos das HQs ocidentais do século 20 e uma obra icônica das várias reflexões do autor sobre poesia, design e o uso da linguagem dos quadrinhos;

*Três lançamentos que anunciei por aqui: o relançamento necessário do clássico Música Para Antropomorfos (Zarabatana), parceria de Fabio Zimbres com a banda Mechanics, e as duas primeiras publicações nacionais da DarkSide Books (Imaginário Coletivo, de Wesley Rodrigues, e Shirô, de Danilo Beyruth);

*No dia que a morte do Steve Ditko veio à público, o Daniel Clowes desenterrou esse rascunho dele pra uma HQ rejeitada que ele produziu pela New Yorker;

*Já ouviu esse papo aqui do Chris Ware pro Robin McConnell do podcast Inkstuds?;

*Viu a capa da próxima Little White Lies?;

*E agosto foi o mês de lançamento do documentário Impressão Minha;

>> Veja o que rolou no Vitralizado #69 – 06.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #68 – 05.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #67 – 04.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #66 – 03.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #65 – 02.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #64 – 01.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #63 – 12.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #62 – 11.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #61 – 10.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #60 – 09.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #59 – 08.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #58 – 07.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #57 – 06.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #56 – 05.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #55 – 04.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #54 – 03.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #53 – 02.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #52 – 01.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #51 – 12.2016;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #50 – 11.2016;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #49 – 10.2016;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #48 – 09.2016;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #47 – 08.2016;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #46 – 07.2016.

Cinema

Little White Lies #76: The Miseducation of Cameron Post

Taí a capa da 76ª edição da minha revista preferida, a britânica especializada em cinema Little White Lies. A capa da vez dá destaque pra The Miseducation of Cameron Post, drama dirigido pela cineasta Desiree Akhavan e protagonizado pela atriz Chloë Grace Moretz. O filme vem sendo elogiado em suas exibições em vários festivais norte-americanos e entra em cartaz no circuito comercial dos Estados Unidos no dia 3 de agosto. A arte da capa é assinada pela ilustradora norueguesa Natalie Foss – dá uma sacada aqui no Instagram dela. Ó o trailer de The Miseducation of Cameron Post:

Cinema / HQ

Sábado (14/7) é dia de estreia do documentário Impressão Minha no MIS

Ei, tá em São Paulo? Tem programa pra sábado (14/7)? Então recomendo um pulo no Museu da Imagem e do Som (MIS) para o lançamento do documentário Impressão Minha. Dirigido por Daniel Salaroli, Gabriela Leite e João Rabello, o filme é um registro de 27 minutos da atual cena brasileira de publicações independentes. A entrada pro evento é gratuita. Além de duas exibições da obra, uma às 19h e outra às 21h, a festa de lançamento ainda contará com uma pequena feira de publicações, coquetel e um debate com os realizadores da produção. O MIS fica ali no número 158 da Avenida Europa, mas deixo aqui o link pra página do evento no Facebook pra quem quiser confirmar presença e saber mais sobre a estreia. Vamos?

Reproduzo por aqui, mais uma vez, a sinopse da produção e os dois trailers da obra. Ó: “Diante da hegemonia digital, a materialidade do livro ainda instiga. Impressão Minha apresenta a movimentação que acontece em torno dos livros e publicações independentes, no Brasil. Imerso entre artistas, editores e seus livros, o documentário abre espaço para reflexões sobre o mercado editorial, a liberdade de criação, a suposta oposição entre digital e impresso, o livro como objeto, as técnicas artísticas e de impressão…”