Vitralizado

Posts por data junho 2018

HQ

Série Postal: Deborah Salles é a autora da quarta edição da coleção em 2018

A quadrinista Deborah Salles assina a arte da quarta edição da Série Postal 2018. No ano passado, a autora publicou a excelente Quase Um Ano, publicação independente e uma das maiores surpresas das HQs nacionais em 2017. O quadrinho da artista para a Série Postal começará a ser distribuído de graça a partir das últimas semanas de junho. Você encontrará informações sobre o evento de lançamento da HQ e os locais de distribuição da obra, assim como outros conteúdos relacionados ao projeto tanto aqui, no Vitralizado, quanto no Tumblr e na Fanpage da coleção.

A Série Postal 2018 é fruto de uma parceria entre o editor e idealizador do projeto, o jornalista Ramon Vitral, e a gráfica Juizforana. A edição de estreia do segundo ano do projeto foi de autoria de Alexandre Lourenço, a segunda de Raquel Vitorelo e a terceira por Cecília Silveira. As 12 edições da Série Postal lançadas em 2017, em parceria com o programa Rumos do Itaú Cultural, foram assinadas por Pedro Franz, Pedro Cobiaco, Taís Koshino, Bianca Pinheiro, Bárbara Malagoli, Felipe Portugal, Manzanna, Paula Puiupo, Daniel Lopes, Felipe Nunes, Jão e Mariana Paraizo.

Cinema / HQ / Séries

Vitralizado #68 – 05.2018

Frenético esse mês de maio aqui do Vitralizado. Foram nove entrevistas, conversas com autores consagrados e estreantes, sobre HQs independentes e outras publicadas pelas maiores editoras do país. Enquanto isso, o recém-iniciado Festival Internacional de Quadrinhos (FIQ) em Belo Horizonte movimenta a cena nacional de HQs como nenhum outro evento. Enfim, bons tempos para ler quadrinhos e escrever sobre eles. Segue o sumário com o que rolou de mais importante no blog ao longo dos 31 dias de maio de 2018:

*A quadrinista Cecília Silveira foi anunciada como a autora da terceira edição da Série Postal 2018. Você confere aqui o trabalho dela para o projeto. Enquanto isso, publiquei a íntegra do ótimo depoimento da quadrinista Raquel Vitorelo sobre os bastidores do trabalho dela para a coleção. Ah! Também recomendo o vídeo feito pelo Carlos Neto na Ugra no dia do lançamento da segunda edição;

*Eu entrevistei o quadrinista Charles Burns e o papo virou matéria do caderno Ilustrada da Folha de São Paulo. O foco da conversa foi o lançamento da edição brasileira da trilogia Sem Volta, publicada no Brasil pela Companhia das Letras. Você confere aqui o papo completo com o autor de Black Hole;

*Também publiquei por aqui a íntegra da minha entrevista com o quadrinista Ramon K. Perez, autor do excelente Conto de Areia (Pipoca & Nanquim);

*Comecei aqui no blog uma série de posts escritos pelo quadrinista Felipe Nunes contando os bastidores da criação de Clean Break, projeto em busca de financiamento coletivo no Catarse. Já saíram a parte #1 e a parte #2;

*Entrevistei o músico e roteirista Márcio Jr. sobre Cidade de Sangue, HQ policial escrita por ele e ilustrada pelo lendário Julio Shimamoto;

*Outro papo bom rolou com a quadrinista Verônica Berta, autora do álbum Ânsia Eterna, adaptação dos textos de Júlia Lopes de Almeida (1862-1934) para o formato de HQs;

*Além de Berta, entrevistei outros dois quadrinistas estreantes: Jéssica Groke, autora do independente Me leve Quando Sair, e Celio Cecare, responsável por Garotos do Reservatório (Mino);

*Bati um papo rápido por email com a quadrinista Amanda Paschoal Miranda, no qual ela contou sobre suas técnicas e reflexões durante a criação de Hibernáculo;

*Em breve trarei umas novidades por aqui sobre Parafuso #0 – Expansão, projeto novo do quadrinista Jão. Mas você chegou a ver o teaser-pôster do projeto? Massa, hein?;

*Eu e os meus amigos André Graciotti e Jairo Rodrigues gravamos mais uma edição do Escafandro Podcast. Dessa vez o papo foi sobre Vingadores: Guerra Infinita. Já ouviu?;

*Duas rapidinhas: viu a capa da Little White Lies #75? E esse preview de Um Pedaço de Madeira e Aço, trabalho do Chabouté e próximo lançamento da Pipoca & Nanquim?;

*Os eventos que deram as caras por aqui: a Frida e o Xavier Ramos lançaram Cabeça de Vento; o Marcello Quintanilha lançou Todos os Santos e falou sobre a adaptação de Tungstênio para o cinema em Curitiba e em São Paulo; e o Rogério de Campos lançou o excelente Super-Homem e O Romantismo de Aço;

>> Veja o que rolou no Vitralizado #67 – 04.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #66 – 03.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #65 – 02.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #64 – 01.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #63 – 12.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #62 – 11.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #61 – 10.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #60 – 09.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #59 – 08.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #58 – 07.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #57 – 06.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #56 – 05.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #55 – 04.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #54 – 03.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #53 – 02.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #52 – 01.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #51 – 12.2016;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #50 – 11.2016;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #49 – 10.2016;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #48 – 09.2016;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #47 – 08.2016;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #46 – 07.2016.