Vitralizado

Posts por data dezembro 2016

HQ

## Retrospectiva Vitralizado 2016 ## A Liga Extraordinária – Dossiê Negro (Devir), por Alan Moore e Kevin O’Neill

Desisti de acompanhar em português o trabalho de Alan Moore e Kevin O’Neill com os personagens da Liga Extraordinária. Ainda assim, recomendo a edição recém-lançada pela Devir de A Liga Extraordinária – Dossiê Negro por ser um dos títulos mais complexos da série e também pela versão repleta de extras do quadrinho. Caso você não tenha lido algum dos títulos anteriores da coleção, volte algumas rodadas e deixe Dossiê Negro para depois, é realmente apenas para os já iniciados na série.

HQ

## Retrospectiva Vitralizado 2016 ## Sharaz-De – Contos de As Mil e Uma Noites (Figura), por Sergio Toppi

Assim como o lançamento de Os Últimos Dias de Pompeo, a publicação de Sharaz-De – Contos de As Mil e Uma Noites tem uma imensa importância histórica. Sergio Toppi também é unanimidade entre quadrinistas e ilustradores como um dos artistas mais influentes do mundo e seu trabalho estava inédito no Brasil desde 1978. Das artes mais belas impressas no Brasil em 2016.

HQ

## Retrospectiva Vitralizado 2016 ## Ugrito #7 – Fired (Ugra Press), por Ricardo Coimbra

O Ricardo Coimbra é outro representante das tiras e dos quadrinhos brasileiros do humor registrando como poucos os tempos estranhos em que estamos vivendo. Apesar das poucas páginas do quadrinho, Fired é provavelmente a história mais longa produzida por Coimbra e ataca dois dos alvos preferidos do autor: indivíduos proativos e a cultura de alta performance do mundo moderno.

HQ

## Retrospectiva Vitralizado 2016 ## Quadrinhos dos Anos 10 (Cia das Letras), por André Dahmer

Acho que dá pra falar numa escola brasileira de humor e tiras. Pra mim, o mérito maior dentre os principais representantes desse meio está em expor em suas obras a essência do período no qual eles estão/ nós estamos vivendo. Em Quadrinhos dos Anos 10, André Dahmer faz isso com maestria. Não há uma tira nas 320 páginas do livro que não aborde pelo menos alguma das contradições, contrastes e absurdos da nossa realidade.