Vitralizado

Posts por data novembro 2015

Cinema

Star Wars, por Joshua Budich

Conhece o trabalho do Joshua Budich? Ele é figura constante nos posts que volta e meia aparecem por aqui de exposições em galerias como a 1988, Spoke Art e Hero Complex. Vale muito gastar um tempo no portfólio dele e também uma visita lá na loja do site do artista, provável até que você compre alguma coisa hehe O trabalho mais recente dele é essa pérola aqui em cima, protagonizada pelo caçador de recompensas mais querido de todas as galáxias. Ah! Menos de um mês, hein?

SWJoshua3

SWJoshua1

Entrevistas / HQ

Papo com Breno Ferreira, o autor da série Cabuloso Suco Gástrico

A tira mais recente do blog do quadrinista Breno Ferreira é a número 176 da série Cabuloso Suco Gástrico. A publicação inaugural entrou no ar dia 5 de junho de 2012 e pouco mais de três anos depois está sendo lançada a primeira coletânea de tiras do autor. Publicada pela Editora Elefante, Cabuloso Suco Gástrico reúne 100 tiras de autoria de Ferreira, 10 delas inéditas. O prefácio da obra é escrito pela publicitária Luciana Foraciepe, responsável pela Fanpage e editora Maria Nanquim. No texto ela conta ter sido procurada pelo quadrinista logo que criou sua página no Facebook. Desde então, o autor virou figura constante por lá e suas tiras refletem muito da linha editorial seguida por Foraciepe. O trabalho de Ferreira é sujo como o de Ricardo Coimbra, reflexivo como os quadrinhos de Bruno Maron e muitas vezes é poético como os argentinos Liniers e Kioskerman.

Bati um papo com Breno Ferreira por email. Ele me falou sobre a produção do livro, algumas de suas inspirações para o Cabuloso Suco Gástrico, o tom poético de certas tiras e o pessimismo de outras. Ele comentou sobre sua primeira experiência de publicar no papel uma projeto solo e também listou algumas de suas compras no FIQ. Papo bem legal. Ó:

cabuloso_8

“Não consigo ter um desenho tão ‘limpinho’, então acabo ficando com esse estilo meio tosqueira mesmo, poesia de bar”

Antes de tudo, uma curiosidade: você lembra da primeira vez que veio na sua cabeça a imagem das duas mãos segurando as dentaduras?

Não lembro exatamente quando foi, no meio de 2012 talvez, fiz uns rabiscos num caderno que carrego comigo onde dentaduras trocavam uma idéia. Eram diálogos simples e diretos, as vezes bobos, e achei que ficariam interessantes como falas para elas. Logo depois pensei no lance das mãos, que no caso seriam uma mão esquerda e uma mão direita, dessa forma pertencendo a um pessoa só, brincando de conversar com ela mesma. Nunca expliquei isso, até porque nunca achei muito necessário, é mais importante funcionar sem explicações prévias, né? E também é uma viagem meio interna eu acho…

Continue reading

Cinema

Star Wars, por Ulises Farinas

Viu a capa da Wired de dezembro? Guerra nas Estrelas, óbvio. A matéria principal tá bem massa, com uma entrevistona com a Kathleen Kennedy. Ela comenta como quer fazer de Star Wars a franquia eterna e definitiva do cinema – já não é? hehe Enfim, dá pra ler a íntegra lá no site da revista. A matéria tá ilustrada com desenhos do artista Ulises Farinas. No site dele dá pra ver mais um monte de arte foda, mas essa aqui em cima com todo mundo trabalhando na Millenium Falcon tá matadora. Clica nela pra ver grandona, fica melhor ainda.

HQ

Aprenda a fazer uma HQ com Pedro Cobiaco e Jopa Moraes

O ano tá cada vez mais perto do fim e Aventuras na Ilha do Tesouro parece que não vai sair das primeiras posições da minha lista de quadrinhos mais importantes lançados no Brasil em 2015. Como já disse por aqui, o Pedro Cobiaco tá numa crescente épica: primeiro foi Dentes de Elefante no final de 2014, depois o relançamento de Harmatã no início do ano e agora com as lindas 144 páginas da Ilha. Junto com o quadrinista Jopa Moraes, o Pedro vai dar uma Oficina de Criação em Quadrinhos no Rio de Janeiro sábado e domingo agora, 21 e 22 de novembro. Nos dois dias de curso as aulas começam às 10h e vão até 14h, lá na Fundição Progresso. As inscrições são limitadas e a matrícula sai por R$150. O cartaz da oficina é essa beleza aqui em cima e os dois responsáveis pelas aulas justificaram assim o plano do curso lá no Facebook:

“O quadrinista norte-americano Daniel Clowes diz que as histórias em quadrinhos são ‘trazidas à vida pela faísca quase palpável criada pela justaposição perfeita de quadrinhos em sequência’. O que seria essa faísca e quem é capaz de produzi-la? O objetivo da oficina é tentar aproximar as pessoas (desenhistas ou interessados em geral) desse processo de ‘fazer-se quadrinista’, experimentando o olhar de um criador que, despido de som ou movimento, pode criar realidades incrivelmente plásticas, dançantes e musicais. Através de exercícios práticos e análise de exemplos da produção de quadrinhos contemporânea, vamos explorar as ferramentas básicas que o quadrinista tem a sua disposição e as escolhas que precisa fazer no momento em que se depara com uma página em branco”. Que lábia, hein? As inscrições podem ser feitas pelo email [email protected] e pelo telefone (21) 96912-0690.

HQ

Seth e a música virtual na capa da próxima edição da New Yorker

O gênio canadense Seth é o responsável pela arte da capa da próxima edição da revista New Yorker. Batizada de Virtual Music, a ilustração foi pensada para a edição anual de tecnologia da publicação. Mais legal de tudo é o Seth falando lá no site da revista sobre o que representa pra ele ter um trabalho estampado na capa da New Yorker. Traduzi um trecho, mas vale muito dar uma lida no original: “O meu mundo dos sonhos, o mundo que eu quero habitar é o dos cartoons antigos da New Yorker. Eu cresci com quadrinhos e tiras de jornais – Jack Kirby e Charles Schulz -, mas quando vi o cartoons gigantescos, fabuloso e icônicos da New Yorker em coletâneas foi como achar ouro”. Passa lá na New Yorker pra ler a íntegra.