Vitralizado

Posts por data março 2013

HQ

Xkcd e o tempo

Viram a atualização de 2ª (25/3) do xkcd? Quando entrei só tinha dois bonecos de palito, um em cada canto da tela, aparentemente em uma praia num quadro chamado Tempo. Achei que era alguma das animações que o autor costuma fazer por lá, mas não. Tava paradão mesmo, ao passar o mouse na ilustração vem o pedido: wait for it. Voltei a entrar no início da tarde e os personagens estavam em outras posições e assim tem sido desde então. Cada vez que entro tem alguma novidade. Agora há um castelão de areia e nem dá pra ver a localização da garota do desenho. Fique de olho. Negócio é descobrir até quando dura a brincadeira.

Atualizei as imagens do post ontem (6ª) e hoje (sábado), com as mudanças no quadro. 

Séries

9 dias para a 6ª temporada de Mad Men – Peggy é o novo Don

Li em algum lugar alguém falando que o sexto episódio da quinta temporada era sobre a Peggy tentando ter um dia de Don Draper. Ela bebe no trabalho, fuma maconha e vai o cinema durante o expediente. Comparando a Peggy do início da série com as últimas cenas inéditas exibidas, com certeza foi o personagem que mais mudou. De secretária submissa a uma das mentes mais criativas da agência. Uma das poucas pessoas com coragem pra encarar Don Draper, ela ganhou uma lista com seus 18 momentos mais badass no BuzzFeed. Em The New Girl rola um flashback com a Peggy na maternidade, logo após o nascimento de seu filho, talvez seja a origem dessa transformação. Ela acorda, vê seu chefe na sua frente e ele a convence a esquecer a aquela situação. A mesma lógica que dita os rumos da vida dele né?

Séries

Matt Weiner e o fim de Mad Men

O careca conversando com o Don Draper na foto é o Matt Weiner, produtor executivo de Mad Men – e também de Sopranos, diga-se de passagem. Ele deu uma entrevista pro Saturday Evening Post sobre o fim da série, a alta expectativa do público e a confiança criativa que ele ganha com o sucesso das suas mais recentes produções. Dois trechos legais:

Q: Don Draper the main character on the show says, ‘Everyone thinks this is temporary.’ Do you think that?
MW: I am extremely aware that the end is coming but not when. I’ve always had to sweat. I never have been sure Mad Men was going to go on again. I live and die by this thing. I want people to say, ‘That was the best season of the show ever.’ I want them to progressively say during the season, ‘That was the best episode of the show ever!’ I am always aspiring to keep it new and fresh. But you’re going to lose if you’re always trying to top yourself. You end up doing something crazy.

Q: You are pretty secretive about the plots of the episodes.
MW: I’m not trying to tease people. I just don’t want to give away to viewers what’s coming because not knowing what is going to happen is part of what keeps people interested. I think fans of the show, the ones who really love it, don’t want to know. But it is hard to talk about a new season without getting specific. At the beginning of a season I’m always like, ‘I’m starting a whole new story. If you don’t like it, then it’s not for you. But it’s not because it’s not as good as last year. It’s just different.’ No matter what happens you’ll be able to understand it. It’s a TV show, it’s not War and Peace.

Séries

11 dias para a 6ª temporada de Mad Men – Lane e a carteira

Talvez Lane Pryce seja o personagem mais depressivo e repulsivo a já ter dado as caras em Mad Men. Uma criatura totalmente perdida e fora de seu habitat natural na Nova York dos anos 60. Já viram Downton Abbey? O Lane parece ter saído diretamente de lá – ou talvez ele seja um meio termo entre os protagonistas dessas duas séries sobre períodos de grandes transformações sociais. Em meio aos muitos eventos do primeiro episódio da quinta temporada, um dos ocorridos que mais chama atenção é a cena em que Lane encontra uma carteira esquecida em um táxi. Ele procura o dono e acaba conversando com Dolores, a namorada do dono do objeto. E na hora de devolver a carteira ele rouba uma foto da garota. A cena mostra como Lane é uma criatura triste e perdida, seja dentro da agência ou em casa. Não encontrei esse trecho em vídeo, mas deixo outro em homenagem ao personagem. Em um de seus poucos momentos felizes, ele realiza o sonho de muitos dos espectadores e personagens da série e dá uma surra em Pete Campbell. Quinto episódio da mais recente temporada, demais: